Vereador Paulão rebate críticas de deputado estadual sobre discurso sobre o desfile Escola de Samba Acadêmicos do Grande Rio que teve em seu desfile o tema “Fala Majeté! Sete chaves de Exu”

Vereador Paulão do Caldeirão (PSC), fez uso da tribuna na manhã desta quarta-feira (04), na câmara municipal de Feira de Santana, e citou a matéria que foi divulgada no jornal Grande Bahia que trata de uma moção apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia -ALBA por meio do deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) ao vereador Paulão, além dos edis Pr° Valdemir Santos (PV) e Edvaldo Lima (MDB).

A moção se trata dos comentários realizados na tribuna mediante a apresentação da Escola de Samba Acadêmicos do Grande Rio que teve em seu desfile o tema “Fala Majeté! Sete chaves de Exu”.

O parlamentar afirmou não ter sido intolerante a nenhuma religião, apenas não concorda em colocar uma pessoa caracterizada de “demônio” para desfilar no sambódromo. “O nome de Jesus acima de todas as coisas, Reis dos Reis, acima de tudo e de todas as potestades, o jornal exibiu uma matéria em que o deputado estadual Hilton Coelho apresentou uma moção na Assembleia Legislativa pois eu [Paulão], Edvaldo e Pr. Valdemir dizemos que é uma vergonha o carnaval do Rio pegar um ser humano vestido de demônio colocando fogo pelas ventas invocando o diabo, fizemos a crítica dizendo que Deus está acima de tudo e que foi uma vergonha para o nosso povo ver uma pessoa transvestida de demônio nas ruas do sambódromo e como sempre o diabo tem que derramar o sangue, e uma criança foi morta (se referiu ao caso de  Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, que não resistiu após ter o corpo esmagado entre o carro alegórico e um poste), nos afirmamos aqui que o nosso Deus está acima de qualquer diabo”, disse Paulão.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn