Vereador Paulão do Caldeirão repreende o edil Silvio Dias por solicitar retirada da faixa com o nome de Jesus do plenário da Câmara Municipal

Durante a sessão legislativa na manhã desta terça-feira (10), o vereador Silvio Dias (PT), solicitou pela ordem ao Presidente da Câmara, Fernando Torres (PSD), para requisitar que fosse retirada a faixa que o Vereador Paulão do Caldeirão (PSC) carrega com o nome de Jesus, filho do Deus todo Poderoso.

O parlamentar alegou que no artigo 2° do Regimento Interno consta que é proibido ser afixados quaisquer símbolos, quadros, faixas, cartazes ou fotografias que impliquem propaganda religiosa.

Para o vereador Silvio Dias seguir as leis e ser exemplo é retirar o nome do Filho de Deus do plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana.

“Essa casa é a casa das leis e temos que dar exemplo se cumprindo as leis, respeitando o que está na lei. O artigo 2° do regimento fala que ninguém poderia estar aqui usando faixa religiosa”, pontuou Silvio Dias.

O presidente se recusou a seguir a orientação, por se tratar do nome de Jesus, ele afirmou que Jesus está acima de todas as coisas, “Eu entendo que vossa excelência é zeloso quanto ao regimento, mas nesse caso eu pagarei esse preço, a faixa com o nome de Jesus não está atrapalhando ninguém”, afirmou Fernando.

O vereador Paulão do Caldeirão afirmou que prefere abrir mão do seu mandato e prefere a morte do que renegar ao Deus Todo Poderoso, criador do céu, da terra e todo o universo.

“Louvado seja o nome do Todo Poderoso, eu estou aqui para servir a Deus, eu jamais renunciarei ao meu Deus, o inimigo pode se levantar quantas vezes for, mas o meu Deus estará em minha frente, me guiando e me protegendo e eu sempre estarei com ele, jamais o renegarei”, disse o vereador Paulão do Caldeirão.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn