Vereador Paulão do Caldeirão realiza festa do sábado de aleluia no distrito de Jaguara, com direito a bumba meu boi e queima do Judas

A tradicional Queima de Judas, um discípulo que traiu Jesus Cristo trocando informações sobre seu paradeiro aos soldados para prendê-lo, em troca de 30 moedas de prata, está sendo resgatada no no distrito de Jaguara. O cortejo para a Queima de Judas, começou a desfilar pela sede do distrito no início da noite deste sábado (16), às 20:30h.

Durante o desfile pelas ruas da comunidade, os populares foram se juntando para malhar o discípulo que simboliza o pecado da traição e ler o testamento deixado por ele, para os jaguarenses. A população seguiu pelas ruas cantando e dançando com o bumba meu boi e a banda, todos com muita alegria.

“A festa foi muito bonita e fico muito feliz em poder proporcionar este evento com toda a comunidade do distrito, tivemos o apoio da polícia militar, fortalecendo na segurança, agradeço ao tenente-coronel PM Hildon Lobão e ao capitão Edvandro Nogueira da 67° CIPM”, pontuou o vereador e organizador do evento Paulão do Caldeirão.

O evento foi realizado pelo vereador Paulão do Caldeirão (PSC) e grupos aliados, com o intuito de proporcionar a comunidade jaguarense o resgate cultural e celebração do sábado de aleluia, que por alguns anos não acontecia no distrito. Valorizar tradições regionais, costumes transmitidos por diversas gerações e celebrar o movimento popular com forte viés cultural, o momento do “bumba meu boi” que contagiou todas as crianças, que corriam em polvorosas. Em soma, este cenário resgatou a história e apoiou os artistas locais.

O boneco de Judas, levou o nome de Covid-19, tradicionalmente o nome do boneco faz referência a políticos ou personalidades que estão em ascensão, no entanto este ano o vereador escolheu nomeá-lo de covid-19 “vamos dar um fim a esta covid, vamos botar fogo no Judas covid-19, essa doença que destruiu tantos lares”.

“Gostaria de dizer que, com a graça de Deus, realizamos mais um evento para o nosso povo de Jaguara, desta vez resgatando a cultura do distrito com a “queima do judas” e o “bumba meu boi”, neste sábado de aleluia, nosso objetivo foi engrandecer cada vez mais a nossa região, pois tem uma cultura muito rica, e precisa ser preservada e resgatada, fortalecendo assim as raízes do povo do nosso distrito”, concluiu Paulão.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn