“O prefeito está se escondendo do povo”, afirma o vereador Paulão referente protesto dos feirantes na porta da Prefeitura desde as 04h da manhã

“Feirantes da Marechal estão aguardando o prefeito na porta da Prefeitura desde as 04h da manhã de hoje, para conversarem a respeito do projeto alternativo para a permanência da feira livre na cidade, e a prefeitura está fechada, o prefeito está se escondendo do povo, um verdadeiro absurdo, por muito menos muitos outros prefeitos já foram afastados”, disse o vereador Paulão do Caldeirão (PSC), durante discurso na manhã desta terça-feira (16), na Câmara Municipal de Feira de Santana.

De acordo com edição extra do Diário Oficial publicado no dia (10), o prazo limite para “expulsão” dos feirantes que ocupam ruas, passeios ou qualquer espaço público da cidade, será 21 de novembro. “Debaixo de chuva o povo clama em frente a prefeitura por uma oportunidade para conversar com o prefeito e como sempre a prefeitura permanece de portas fechadas”, afirma Paulão.

O vereador se manifestou acerca de uma declaração do secretário de Agricultura de Feira, Pablo Roberto de que “a feira no centro da cidade não é mais sobre tradição e sim sobre privilégio de um pequeno grupo”.

“O secretário de Agricultura disse que a feira do centro da cidade era apenas um privilégio de um pequeno grupo, nossa cidade é reconhecida pelo seu comércio, pelo trabalho e a força dessas famílias que vendem em todos os lugares do centro, o poder executivo está querendo apagar a nossa história, os feirantes da Marechal têm o nosso apoio. Vamos juntos em busca dessas melhorias, e dizemos não à expulsão dos feirantes”, encerrou.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn