“É uma verdadeira tragédia”, afirma o vereador Paulão referente novo decreto solicitando a realocação dos feirantes da Rua da Marechal

Por meio de edição extra do Diário Oficial Eletrônico de ontem (10), os feirantes que ocupam as ruas, passeios e áreas públicas em Feira de Santana, em especial  os que comercializam na rua Marechal Deodoro, têm até o dia 21 para serem realocados nas feiras livres e Centro de Abastecimento.

O vereador Paulão do Caldeirão (PSC), na manhã desta quinta-feira (11), utilizou seu discurso na Câmara para demonstrar sua indignação com a retirada dos feirantes da Rua da Marechal. “Não sei quem causou mais danos em Feira de Santana, se foi o prefeito Colbert Martins ou a Covid-19, é muita dor, ontem nós vimos os camelôs, a APLB, os agentes de trânsito e todas as outras categorias agonizando em busca de seus direitos e agora o prefeito Colbert deu prazo ao pessoal da Rua da Marechal, eu fico muito triste, esse prefeito é uma verdadeira tragédia”, afirmou Paulão.

De acordo com o decreto a retirada dos feirantes é para iniciar a execução das obras do projeto de urbanização Novo Centro e o ordenamento das áreas centrais da cidade. “Onde vão alocar os feirantes?”, questiona o vereador. A Feira da Marechal é histórica, é patrimônio de Feira de Santana.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn