Aeroporto João Durval Carneiro e Centro de convenções em Feira de Santana estão abandonados

Feira de Santana é a maior cidade do interior da Bahia e um dos maiores entroncamentos do norte e nordeste com um aeroporto completamente abandonado. O Aeroporto João Durval Carneiro se encontra repleto de mato e servindo apenas para pouso de jatinhos particulares.

Na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (09), o vereador Paulão do Caldeirão (PSC) chama a atenção do Governo do Estado para o abandono com o município de Feira de Santana. “Tomei um susto com o que presenciei, locais abandonados pelo Governo do Estado, um aeroporto para pouso de urubus e um centro de convenções que mais parece um chiqueiro”, afirmou o vereador Paulão.

Nos últimos anos o governo do Estado investiu no setor da aviação civil em algumas cidades, um investimento no valor aproximado de R$25 milhões para realizar essa conservação dos aeródromos e R$60 milhões para conservação e reformas de aeroportos do Estado, sendo excluído e deixado de lado, o aeroporto de Feira de Santana.

“Não tem uma grande obra em Feira de Santana, não tem nada, porque esse desinteresse por Feira, porque nada é feito?”, questionou Paulão.

De acordo com o vereador alguns bairros e distritos do município não contam com abastecimento de água diariamente, mas pagam pelo serviço.

“O Governo do Estado investe muito em adutora da Embasa, mas não resolve, pois vemos que em muitos locais de Feira, tem água por 10 dias e 21 não, mas ainda assim a conta chega na casa do cidadão, o que é um absurdo”, completou o vereador

Além dos problemas com falta d’ água e o abandono com o aeroporto da cidade, Feira também conta com um Teatro e Centro de Convenções inacabado, a obra está parada a anos, se deteriorando com a ação do tempo, o local está servindo de abrigo para marginais. O Governo do Estado firmou um convênio com a Prefeitura de Feira de Santana para repassar a verba a obra, mas o Centro de Convenções continua abandonado e esquecido. O Governo do Estado passou a Prefeitura de Feira valores inferiores ao valor correspondente à obra, então não foi possível dar continuidade com o projeto. A responsabilidade pela manutenção do equipamento e segurança é do Governo do Estado da Bahia.

Ainda em seu discurso na tribuna o vereador lamenta que o atual governo tão bem votado pelo povo feirense não tenha nenhuma consideração com o cidadão e pede que o Governo do Estado venha olhar por Feira de Santana.

A obra se arrasta há anos, em 2012 saiu no Diário Oficial do Estado uma licitação com investimento estimado R$ 12 milhões, tendo o foco a construção do teatro. O projeto do Centro de Convenções sendo finalizado e inaugurado trará a cidade grandes eventos, fomentando as atividades culturais e o turismo. A obra foi orçada em pouco mais de R$33 milhões de reais. Mas até o presente momento é apenas mais um projeto de grande importância para a cidade de Feira de Santana que foi deixado de lado pelo Governo do Estado.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn