“A CPI da saúde não tem intuito de perseguir, mas de apurar possíveis irregularidades cometidas na Secretaria Municipal de Saúde”, afirma presidente da comissão

Durante discurso na manhã desta quinta-feira (31), na Casa da Cidadania, o parlamentar Paulão do Caldeirão (PSC), informou que a Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da Saúde irá convocar o secretário de saúde Marcelo Brito para prestar esclarecimentos sobre as possíveis irregularidades no âmbito, principalmente, dos contratos de serviços terceirizados junto à Secretaria Municipal de Saúde. 

“Nosso papel é investigar, se alguém for culpado, será punido, ninguém pode ser culpado antes do término da investigação, mas agora o que essa CPI quer saber e vai saber é como Marcelo Brito vendeu o HTO? Como Marcelo Brito pagava adiantado o HTO? Como recebeu R$400 mil de consultoria? Uma turma que só gosta de pisotear as pessoas de bem, no final dessa CPI eu terei o maior prazer de assinar o relatório feito por essa comissão”, disse Paulão.

O intuito da Comissão não é “perseguir a quem quer que seja”, mas apurar para indicar o que teria sido feito de errado na área da saúde.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn