Plenário começa nesta terça discussão sobre Lei de Diretrizes Orçamentárias

A Câmara Municipal de Feira de Santana prévia recesso parlamentar a iniciar no dia primeiro de julho, mas foi determinado que as sessões sejam interrompidas somente após a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO.

Em pronunciamento durante sessão ordinária na manhã desta terça-feira (06), o vereador Paulão do Caldeirão (PSC) declarou que a intenção desse adiamento do recesso legislativo é para prosseguir com a votação da LDO, a fim de demonstrar que os vereadores não estão de ‘perseguição’ com a Prefeitura.

“Prorrogamos essa sessão e estamos aqui trabalhando para votar a LDO, para que o prefeito não venha dizer que não votamos por perseguição, precisamos fazer o que é melhor para a população, então estamos focados nisto, apresentaremos algumas emendas, para que seja feito o que é melhor para o nosso povo”, assegurou o edil.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn