Cidade destruída e abandonada; funcionários públicos com salários atrasados; população agonizando; ainda assim, o Prefeito Colbert aponta com 64% de aprovação, em pesquisa

Em pesquisa encomendada, eleitores avaliaram a gestão do atual prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB). 64,92% dos feirenses classificaram a gestão de Colbert como ótimo, bom e regular. Entre péssimo e ruim, o prefeito obteve 27.81%. Os que não souberam/não quiseram opinar somam 7.34%. Para realização desta pesquisa foram ouvidos 1.050 eleitores. Ao que parece parte da população esqueceu as greves ocorridas durante o ano, ocasionadas devido ao descaso do Poder Executivo.

Ao longo do ano, por falta de pagamento de salários, profissionais da saúde, profissionais do transporte público e professores paralisaram suas atividades. Médicos e funcionários das unidades do Programa de Saúde da Família – PSF ‘s de Feira de Santana, ficaram sem receber salários, deixando Feira um caos e muitas pessoas sem atendimento. O transporte público de Feira de Santana é uma desordem, o Bus Rapid Transit – BRT é uma obra fantasma, sem funcionalidade, além das manifestações da própria categoria sobre os atrasos de salários e vales alimentação, os moradores da zona rural também realizaram um protesto na sede da empresa de transporte Rosa, em busca de um posicionamento sobre a situação do transporte  e o retorno das linhas de ônibus, que haviam sido retiradas sem uma realocação. A população passou dias sem ônibus, “aventurando” vans ou ligeirinhos nos pontos para chegarem aos seus empregos.

Nada parece urgente para o prefeito. Os jardins viraram mato, as praças e quadras esportivas abandonadas, sujas e fechadas, com seus aparelhos enferrujados e quebrados, oferecendo risco a população, as ruas e avenidas apodreceram e milhares de buracos com acúmulos de águas paradas e lamas surgiram, sem contar com o projeto Novo Centro que fizeram apenas estreitar as calçadas, deixando a “buraqueira” na rua, ainda temos as obras inacabadas, a duplicação da rua Rubens Francisco Dias, a requalificação da rua Universitária e a construção do Parque Linear do Papagaio, existe trecho na via que o asfalto já está cedendo, e em outra parte quando chove não tem escoamento, então empossa água e fica intransitável. Os feirenses torcem para que não chova, para não passarem todos os transtornos.

Contabilizando os exemplos de descaso, até parece que o prefeito não fez nada pela cidade. Fez sim, o governo municipal fez pela educação, cortou os salários dos professores em até 70%, e com isso muitos passaram por dificuldades. O Prefeito Colbert acabou com o plano de carreira do funcionalismo público.

Todas as categorias estão sofrendo com essa gestão do Prefeito Colbert Martins Filho, os camelôs do Shopping Popular Cidade das Compras não encontraram refúgio na prefeitura e recorreram aos vereadores na Câmara Municipal de Feira de Santana, neles encontraram apoio, sendo aprovado o projeto de lei que suspende a cobrança de tarifas aos comerciantes que trabalham no Shopping Popular. Vale lembrar, que neste ano de 2021 o Poder Executivo se envolveu em diversas polêmicas, foi aberto uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI referente as cestas básicas entregues durante o período de campanha eleitoral, além da CPI da Saúde, que visa apurar as denúncias em relação às despesas e contratações de pessoal na Secretaria Municipal de Saúde, envolvendo até o secretário de saúde, Marcelo Brito, que teria supostamente recebido ilicitamente R$400 mil reais do poder público, inclusive esteve na Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

Agora voltamos a pesquisa que aponta o Prefeito Colbert Martins com 64,92% de aprovação em Feira de Santana, todas essas informações acima foram ignoradas pelo povo feirense ou a pesquisa foi realizada no reduto político de Colbert para enganar a população? Como já diz o dito popular, toda pesquisa tem seu preço, e por meio dos acontecimentos ao longo dos anos não temos como acreditar em nenhuma delas.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn