Aprovado em primeira discussão, na Câmara projeto de lei que beneficia toda a imprensa de Feira de Santana

Foi aprovado em primeira discussão na câmara municipal de Feira de Santana o substitutivo do projeto de lei n°150/2021 que regulamenta e padroniza o pagamento de serviços de publicidade prestados ao município, de autoria do vereador Paulão do Caldeirão (PSC).

A matéria propõe em um dos artigos do projeto que a partir da aprovação, as agências contratadas só poderão cobrar comissão de até 10%, além desta, as empresas ou agências de publicidade que prestaram serviços na campanha eleitoral do então candidato a prefeito do mandato vigente estarão impedidas de participar do processo licitatório. 

“Este projeto é a carta de alforria da imprensa de Feira de Santana, as agências recebem 20% em cima dos jornalista que pagam suas notas fiscais, isso é um absurdo, com esse projeto isso acaba, acaba a escravidão da imprensa de Feira, é um absurdo a agência não fazer nada e querer levar tudo, depois que tira a nota e a porcentagem da agência, o profissional fica com quase nada”, apontou o vereador

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn